quinta-feira, 6 de março de 2008

Genialidade...

Até onde
O intelecto meu
Conduzir-me-á?

Crio-me e recrio-me;
Sou e faço ser;
Testo e atesto-me
Em todas as instâncias minhas.

Mas,
Até onde o intelecto meu
Realmente conduzir-me-á?

(Poesia "O Gênio", integrante do livro "O Rei, a Sombra e a Máscara - Parte III: A Moral da Moral", de Sidney Nicéas - ainda a ser lançado)

#


Existem gênios? Quem pode ser considerado acima da média nesse quesito? O que faz de nós gênios? Em Goiânia, um garoto de 8 anos passou no vestibular para cursar Direito. João Victor (foto) quer ser Juiz Federal e é considerado um aluno exemplar – para sua mãe, ele é apenas “interessado e motivado”. João já se matriculou e quer fazer o curso em concomitância com a escola. Sorte? Genialidade?

#

Na novela global das 18 horas, um ator vem ‘roubando’ a cena. Portador da Síndrome de Down, André Varella, além de ator, é poeta e toca alguns instrumentos musicais. Ainda que com uma certa limitação por conta da Síndrome, André tem desenvoltura e atua com naturalidade. Inclusive, será a estrela de um espetáculo produzido por Lima Duarte, ainda sem data de estréia. Genialidade?

#

Exemplos na história do nosso planeta não faltam: Jesus, Aristóteles, Mozart, Disney, Pelé... Descartando as circunstâncias de época, o que foram eles? Homens com grande capacidade intelectual? Pessoas que nasceram com sorte? Figuras espertas que aproveitaram suas oportunidades? Estudiosos? Gênios?
E você, acha que poder ser mais???

Um comentário:

  1. Eu estou descobrindo a minha genialidade. Acredito nisso.

    ResponderExcluir